Todo blog tem um motivo!

Os motivos para se começar um blog são sempre extremamente pessoais. Um leitor que não me conheça pode perguntar: “mas por que um blog sobre música? Não é lugar comum?”. Essa é uma pergunta que eu sempre fiz para mim… por que música?

Este post introdutório servirá exatamente para isso. Desvendar as razões que me levam a começar este blog. Já faz mais de quatro anos que eu “ensaio” começar este blog e, recentemente tudo se tornou um pouco mais palpável e com maior probabilidade de acontecer.

A música sempre esteve presente na minha vida. Desde pequeno, meus aparelhos favoritos eram a vitrola e o toca-fitas. Com apenas três anos já sabia operá-los com destreza. Mas houve um momento em que a música entrou com maior força na minha vida e realmente transformou o mundo para mim.

O ano era 1988. Eu estava na casa da minha avó, sentado em frente à televisão assistindo a um programa de vídeo-clipes (vou ser sincero que não lembro ao certo qual, mas imagino que era o Clip Trip, da Gazeta) e surge, então um homem com cabelo comprido, uma cartola e uma guitarra laranja. Mal imaginava que aquele momento seria um divisor de águas para mim.

Sweet Child O’ Mine e Saul “Slash” Hudson, esses foram os nomes que marcaram esse importante momento da minha vida. A música, então, se tornou uma parte essencial da minha vida, representando o que eu sou, o que eu penso e o que eu sinto! Em muitos momentos da minha vida, a musica serviu como companheira e amiga. E eu descobri que existe, realmente, um sentimento de amor pela música.

Curiosamente, 20 anos depois do episódio que me definiu como amante da música, eu tive a realização do que isso significa para mim. Em junho de 2008, no show da cantora britânica Joss Stone. Ao introduzir a canção Music ela falou que essa canção era muito importante para ela, pois tratava desse amor que ela tinha pela música. E que esse amor é muito puro e verdadeiro, porque ela sabia que podia contar com ela (a música) quando ela precisasse e que a música nunca a machucaria.

Então, lembrei-me de todos os momentos em que a música me ajudou e me fez companhia durante toda minha vida. Quando eu recorria ao These Days, durante noites em claro questionando sobre o que eu acreditava. Ou, quando, as melhores palavras de consolo que ouvi quando perdi meu avô foram de Scenes from a Memory. Também, quando eu estou na expectativa de sair com uma pessoa que tem tudo para se tornar especial, So Impossible vem a minha mente.

A música sempre esteve na minha vida e sempre foi muito importante para mim. Se isso já não é motivo suficiente para eu escrever sobre música e os artistas que entram em minha vida. Então, nada é!

Então, espero que você, leitor, aproveite esta jornada pelo meu mundo. Por mais doentio que ele possa ser, garanto que você aproveitará! E muito!

Rock on!

~ por Fábio Gianesi em agosto 29, 2009.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: